Cresce o número de jovens envolvidos com o empreendedorismo

Cursar a faculdade dos sonhos e seguir carreira em uma grande empresa era anteriormente o principal objetivo da maioria dos jovens brasileiros. Porém, a juventude canarinha vem mudando os planos!  


Desde 2017, cresceu o número de empreendedores entre 18 e 34 anos que estão envolvidos na criação do próprio negócio. Já são 15,7 milhões de jovens que estão levantando informações para ter a própria empresa ou que já possuem uma com até 3 anos e meio de atividade. Isso significa um aumento de 7 pontos percentuais, na participação relativa, em comparação aos anos anteriores.

Os dados foram divulgados no relatório da Global Entrepreneurship (GEM), realizado no Brasil pelo Sebrae em parceria com o IBQP. A pesquisa mostra que 1 em cada 3 adultos brasileiros, entre 18 e 64 anos, é empreendedor ou está envolvido na abertura do próprio negócio. Aumentou também, de 57 para 59%, o percentual de brasileiros que empreendem por oportunidade.

Segundo os pesquisadores, o jovem brasileiro já entendeu que para ter trabalho a melhor alternativa é criar o próprio emprego, empreender, inovar e gerar novas vagas. E eles não empreendem por necessidade, estão de olho nas oportunidades do mercado, atendendo demandas sociais e movimentando a economia


Ao verificar o empreendedorismo no Brasil nos últimos anos, de acordo com o relatório GEM, considerando as diferentes faixas etárias, conclui-se que os jovens de 25 a 34 anos foram os mais ativos na criação de novos negócios. Ou seja, 30,5% dos brasileiros nesta faixa etária estão tentando criar um negócio ou já são proprietários e administram um empreendimento em estágio inicial, com até 3 anos e meio de criação.

Em seguida, neste ranking aparecem aqueles ainda mais jovens, de 18 a 24 anos. 20,3% deles estavam envolvidos com a criação de novos negócios. O perfil dos novos empreendedores em 2017 manteve o destaque para a mulher, que respondeu por 52% dos Empreendedores Iniciais.

Dos 27,4 milhões de Empreendedores Iniciais, 15,7 milhões estavam na faixa dos 18 a 34 anos.

Você também sonha em empreender?
Vamos conversar!
ellonegocios.com.br

Anúncios

Quero vender minha empresa: Qual é o valor?

Quero vender minha empresa, mas quanto devo cobrar? Essa é a principal dúvida que assola os empresários no momento em que optam por vender suas empresas. Existem várias maneiras de definir o valor de uma empresa e a grande maioria delas é bastante subjetiva. Por esse motivo, a ajuda de um profissional especializado pode fazer toda a diferença! 
De um modo geral, podemos afirmar que existem três maneiras para a definição do valor de venda do negócio:
1 – Avaliação da capacidade do negócio gerar fluxo de caixa para os sócios (Fluxo de Caixa Descontado)
2 – Avaliação por Múltiplos de Mercado (Múltiplos)
3 – Avaliação dos ativos da empresa (Patrimonial)

Avaliação por Fluxo de Caixa Descontado
Nessa metodologia o valor da empresa é determinado pela projeção da capacidade dela gerar Fluxo de Caixa para os sócios e aplica-se uma taxa de desconto para trazer esses fluxos para o valor presente. Essa metodologia é a mais utilizada no mercado, principalmente para empresas de médio e grande porte.

Avaliação por Múltiplos
Nesse método, o valor é determinado por meio da multiplicação de algum indicador da empresa, normalmente as receitas ou lucros. Lembre-se que esse multiplicador depende do segmento e não captura as evoluções de outras contas que compõem o resultado da empresa.

Avaliação Patrimonial
Muitos empresários utilizam o valor dos ativos para determinar o valor da sua empresa. Essa é uma metodologia muito utilizada para pequenas empresas ou negócios que não estão apresentando resultados positivos no momento da avaliação. Nesse caso, os ativos costumam ser utilizados na avaliação do negócio. Em regra, essa metodologia mensura apenas o valor dos ativos tangíveis (bens físicos empresa). Entretanto, não podemos desconsiderar os ativos intangíveis, como: carteira de clientes, marca registrada, ponto comercial, patentes e quaisquer outras peculiaridades da empresa que gere valor para o negócio.

Não se esqueça: A contratação de um consultor especializado para avaliação (Valuation) poupa o seu tempo e maximiza as chances de sucesso!

Quer vender a sua empresa? Clique aqui e conheça a Ello Negócios!

Ello Negócios – Conectando pessoas a oportunidades!